O FÓRUM SAÚDE
PARA O SÉCULO XXI

visa a promoção de relações informais e independentes,
entre os principais stakeholders do setor da saúde em Portugal.

CINCO PRIORIDADES PARA A SAÚDE EM PORTUGAL

Este documento é uma síntese das reflexões dos grupos de trabalho do FÓRUM SAÚDE PARA O SÉCULO XXI.
Publicado em Outubro de 2018 desenvolve cinco das dez recomendações do position paper SAÚDE EM PORTUGAL - QUE PRIORIDADES?


FAÇA DOWNLOAD DO PDF AQUI

Hot Question


Considera que a ADSE enquanto subsistema de saúde exclusivo dos funcionários públicos contribui para a iniquidade no acesso aos cuidados de saúde em Portugal?

Flash News

  • Science and Innovation Congress
    Switzerland-Portugal 2019 A Embaixada da Suíça em Portugal vai juntar cientistas suíços e portugueses nos dias 2 e 3 de maio, na Fundação Champalimaud, evidenciando a […]
  • I Encontro Nacional de Integração de Cuidados
    A PAFIC (Portuguese Association for Integrated Care) organiza no próximo dia 9 de Maio, na Figueira da Foz, o I Encontro Nacional de Integração de Cuidados. […]

Artigos de opinião


Este é um espaço público de opinião que pretende estimular o debate de ideias entre os diferentes stakeholders da área da saúde. É um espaço reservado à discussão, e à crítica construtiva.

É também uma oportunidade de partilharmos as nossas experiências, enquanto profissionais de saúde, gestores, economistas, juristas e até como doentes, e simples cidadãos. Participe neste debate e envie-nos o seu artigo de opinião. Se preferir, também pode enviar-nos artigos de cariz mais científico o processo é simples e rápido. Basta clicar no botão “submeter artigo” e carregar o ficheiro em formato Word.

submeter artigo

Últimos artigos

14 Março, 2019

Um Conselho de Administração para o conjunto do SNS?

 Um Conselho de Administração para o conjunto do SNS? Paulo Nunes de Abreu É por todos conhecido o modelo de governança corporativa no qual o poder […]
25 Fevereiro, 2019

Missão: Gerações + Saudáveis

Missão: Gerações + Saudáveis Ema Paulino * | Teresa Couto** | Tiago Rodrigues***   Em Portugal, estima-se que as doenças não-transmissíveis representem 86%[1]de todas as mortes, sendo a […]