FÓRUM SAÚDE PARA O SÉCULO XXI E OBSERVATÓRIO PORTUGUÊS DE COMPLIANCE E REGULATÓRIO CELEBRAM PARCERIA

O Fórum Saúde para o Século XXI e o Observatório Português de Compliance e Regulatório (OPCR) celebraram, no passado dia 1 de setembro, uma parceria.

A atividade do OPCR na área da saúde passará assim, além da atividade já desenvolvida pela sua Comissão de Saúde e Farmacêutica, a considerar a participação responsável e ativa do OPCR na procura de respostas e proposta de soluções neste setor, em particular nas áreas de atuação comuns como sejam as questões decorrentes da integridade, designadamente ao nível de dados pessoais, e da prevenção do suborno e da corrupção, bem como do recurso e enquadramento das novas soluções tecnológicas no setor da Saúde.

A representação do OPCR na atividade do FÓRUM SAÚDE XXI estará a cabo de Nuno Moraes Bastos e Miguel Trindade Rocha, respetivamente Presidente e Presidente Executivo do OPCR.

Terá como representantes do FÓRUM SAÚDE XXI, na atividade do OPCR, Andrea Lima e Pedro Serra Pinto, respetivamente Diretora Executiva e Diretor Executivo do FÓRUM SAÚDE XXI.

Andrea Lima referiu “Esta parceria com o OPCR é um passo muito importante para os desafios futuros que a conjetura nacional traz para o sector da saúde e por consequência no papel que o FÓRUM SAÚDE XXI terá na construção desse futuro.”

Pedro Serra Pinto disse “Esta parceria constitui uma oportunidade de em conjunto chamarmos a atenção para a necessidade de maior transparência no relacionamento entre os stakeholders da área da saúde, especialmente do Estado, que exerce simultaneamente o papel de legislador, regulador e principal prestador de cuidados e serviços de saúde.

Miguel Trindade Rocha afirmou “A presente parceria vem promover o debate em torno de temas centrais para o setor da saúde, num momento de complexidade económica e social, procurando identificar e responder a diferentes problemáticas, quer no contexto de promoção do bem-estar quer na prevenção e tratamento da doença.”

Nuno Moraes Bastos, Presidente do Observatório Português de Compliance e de Regulatório, declarou “O OPCR dá mais um passo na incorporação das temáticas da saúde no enquadramento regulatório e na atividade de compliance específica destas áreas, em particular num contexto onde a pandemia global originada pela Covid-19, a reação à estagnação económica que se seguiu aos diferentes períodos de confinamento e os desafios daí decorrentes deverão colocar no centro do debate temas como a prevenção do suborno e da corrupção ou a proteção de dados pessoais, temas consistentemente abordados pelo Observatório.

Deixe uma resposta