Idade de dispensa nas Urgências

O presidente do Conselho Regional Norte da Ordem dos Médicos (CRNOM) critica a intenção do Ministério da Saúde de aumentar em dez meses a idade de dispensa do trabalho nas Urgências. À TVI24António Araújo defendeu que “o Ministério da Saúde, para resolver os problemas de forma séria e duradoura, tem de dotar os serviços do pessoal médicos de que estes têm necessidade”.

 

Deixe uma resposta